“Processo migratório vai movimentar 700 milhões de pessoas no mundo até 2050”, aponta estudo da ONU


O mundo está prestes a fazer seu maior processo migratório de sua história. O alerta veio de cientistas ligados à Organização das Nações Unidas (ONU). A previsão é para a metade deste século: secas, enchentes, desastres naturais serão as principais causas da busca de locais mais seguros em busca da sobrevivência nas próximas décadas.

Este, segundo a ONU, seria o maior processo migratório da história. As rápidas mudanças climáticas globais são as responsáveis por esse processo. O panorama está presente num documentário produzido por cientistas ligados à ONU e á Universidade de Colúmbia, nos Estados Unidos, entre outras instituições.

O relatório “In search of shelter – Mapping the effects of climate change on human migration na displacement” foi divulgado no último dia 10, quarta-feira, na Conferência de Bonn, na Alemanha. O texto está disponível na internet e frisa que o processo migratório já começou.

Os autores afirmam no texto que não é fácil separar o deslocamento populacional, conflitos políticos, crises econômicas, crescimento populacional, esgotamento de áreas cultiváveis dos efeitos do clima.

“As mudanças climáticas eventualmente terão um papel dominante ao ampliar todos os demais fatores”, ressalta o relatório, que estima que o total de pessoas envolvidas nas migrações estimuladas pelas mudanças climáticas poderá pular de 50 milhões em 2010 para cerca de 700 milhões em 2050.

“O clima é o invólucro no qual todos nós vivemos nossas vidas. O relatório dispara a sirene de alarme. Geralmente categorizamos os pobres como aqueles que sofrerão mais, mas as sociedades mais ricas também perderão muito”, disse Alexander de Sherbinin, da Universidade de Colúmbia, um dos autores do trabalho.

O relatório é baseado em um levantamento global e inédito a respeito de migrações e de mudanças ambientais. Apresenta uma série de mapas detalhados que mostram como e onde podem estar as áreas com maior risco de serem atingidas.

Fúlvio Costa

O relatório In search of shelter pode ser baixado em
http://www.ciesin.columbia.edu/documents/clim-migr-report-june09_final.pdf
Reações: 

0 Response to "“Processo migratório vai movimentar 700 milhões de pessoas no mundo até 2050”, aponta estudo da ONU"

Postar um comentário