Hora do Planeta 2010

6 comentários


Em 2009 foram 74 países que participaram da Hora do Planeta. Este ano, porém, participarão do ato 2.130 cidades e 115 países. Hora do Planeta é um acontecimento permanente idealizado pela Rede WWF [World wide Fund for Nature] em português: Amplo Fundo Mundial para a Natureza, que se compromete a desligar as luzes e mantê-las apagadas durante 60 minutos, entre as 20h30 e 21h30 do próximo dia 27 de março.

A meta é divulgar este ato simbólico de combate ao aquecimento global por todo o planeta. Entre as centenas de cidades confirmadas para participar, estão: 37 capitais federais e algumas grandes cidades do mundo, como Londres, Beijing, Roma, Moscou, Los Angeles, Rio de Janeiro, Hong Kong, Dubai, Cingapura, Atenas, Buenos Aires, Toronto, Sydney, Cidade do México, Istambul, Copenhague, Manila, Las Vegas, Bruxelas, Cidade do Cabo e Helsinki.

A Hora do Planeta teve início na Austrália, no ano de 2007, e ainda é um evento pouco conhecido. Ano passado o ato de conscientização totalizou a participação de 375 cidades de 37 nações. O Brasil fez parte pela primeira desses países que aderiram ao movimento no ano passado. A sua admissão aconteceu em 28 de janeiro, durante o evento de lançamento da Hora do Planeta no Brasil, com o anúncio da adesão oficial da cidade do Rio de Janeiro.

Aqui, a Hora do Planeta conta com o patrocínio da Coca-Cola Brasil, do banco HSBC, da operadora de telefonia TIM e a rede de lojas Walmart. Além desses, a construtora Rossi também está apoiando o WWF-Brasil neste ato simbólico que irá apagar as luzes de diversos pontos do País, durante 60 minutos. As empresas brasileiras unem-se a um seleto grupo de corporações que está usando seu poder de comunicação para sensibilizar seus funcionários e a população mundial para a questão climática, entre elas podemos destacar Canon, Nokia Siemens Networks e Price Waterhouse Coopers são algumas empresas que estão mobilizando a sociedade e seus funcionários ao redor do mundo.

Reações: