Como se tornar um ecocidadão: primeiros passos

Banheiro
O chuveiro elétrico consome muita energia. Evite usá-los nos horários de maior consumo: entre 18h e 19h30 e, no horário de verão, entre 19h e 20h30. Procure reduzir o tempo embaixo do chuveiro. Feche a torneira enquanto se ensaboa. Feche a torneira enquanto escova os dentes ou faz a barba.

Cozinha
Use a máquina de lavar louça com toda sua capacidade preenchida. Para lavar verduras, use também uma bacia para deixá-las de molho, passando as depois por um pouco de água corrente para terminar de limpá-las.
Não jogue o óleo de cozinha utilizado no ralo da pia. Coloque-o em garrafas de plástico, feche-as e jogue no lixo convencional.

Lavanderia
O resto da água com sabão pode ser pode ser reutilizado para lavar o seu quintal.

Junte a maior quantidade de roupa para passar todas de uma só vez e não utilize o ferro de passar junto com outros aparelhos. Isso pode sobrecarregar a rede elétrica.

Não jogue restos de produtos tóxicos em pias, ralos ou no solo, muito menos os incinere. Eles acabam atingindo rios e lençóis subterrâneos e até mesmo o ar quando queimados. Esse é o caso de solventes, bolas de naftalina, polidores de metais, etc.

Quintal, jardim e vasos
Dê preferência às plantas que necessitam de pouca água (bromélias, cactos, pinheiros e violetas).
Para lavar o carro, use balde em vez de mangueira.
Não regue as plantas em excesso, nem nas horas quentes do dia ou em momentos com muito vento. A água evapora ou é levada antes de atingir as raízes.

Geladeira ou Freezer
Confira se o produto é certificado com o selo com o selo de eficiência energética do Procel – Programa de Combate ao Desperdício de Energia Elétrica.
Evite abrir a porta da geladeira várias vezes ou por tempo prolongado.
Não forre as prateleiras com plástico ou vidro que dificultam a circulação interna de ar.


Lixo
Separe para doação o que está em bom estado ao invés de jogar fora. Itens como roupas, livros, e outros bens usados podem ser úteis para outras pessoas.
Não jogue lâmpadas, baterias de celular, pilhas, restos de tinta ou produtos químicos no lixo. Vários produtos devem ter um destino diferenciado. Com relação a pilhas e baterias pergunte no local que você comprou como deve ser feita a disposição final.

Separe o lixo, reutilize e encaminhe para reciclagem o que for possível. Tente organizar em seu edifício, rua ou bairro um sistema de coleta seletiva e de reaproveitamento. O lixo orgânico pode virar adubo, por exemplo.

Utilize sempre os dois lados da folha de papel para escrever, rascunhar ou imprimir. Para cada tonelada de papel que se recicla, quarenta árvores deixam de ser derrubadas.

Vazamentos
Verifique a existência de vazamentos. Eles são um dos vilões no desperdício de água tratada.

Para ver se há vazamento no vaso sanitário, jogue cinzas no fundo da privada e observe por alguns minutos. Se houver movimentação da cinza ou se ela sumir, há vazamento.

Controlar o relógio de água da sua casa é fácil: feche todas as torneiras e desligue os aparelhos que usam água (só não feche os registros na parede que alimentam as saídas de água). Se houver alterações no número do medidor ou se o círculo existente no meio do medidor (meia-lua, gravatinha, circunferência dentada) continuar girando, há vazamento.

Cidade nas compras
Não tire nada do ambiente natural durante um passeio. Leve apenas fotos e deixe apenas pegadas. Não interfira no habitat que você está visitando. Não dê comida aos animais e procure ser discreto. Evite fazer barulho, principalmente se você quiser vê algum animal.

Proteja as florestas de incêndios. Não jogue pontas de cigarro nem acenda fogueiras. Os praticantes dos esportes radicais têm uma responsabilidade ainda maior. Procurem circular apenas nas “vias”, sem danificar a vegetação e a vida selvagem. O rafting, a canoagem e o veleiro são muito mais ecológicos que o jet-ski e a lancha que largam óleo e outros poluentes no ambiente.

Antes de entrar na água – certifique-se de que o local escolhido não está poluído. O poder público deve orientar os banhistas quanto à condição de banho das praias.

Campo, mata e praia
Seja um consumidor consciente. Prefira produtos biodegradáveis e que tenham embalagens reutilizáveis. Quando for às compras, leve sacola ou mochila. Dessa forma você evita o acúmulo de plásticos. Recuse as embalagens de isopor. Prefira as de papelão.

Opte por alimentos livres de agrotóxicos. Eles são mais saborosos, duram mais e você ainda ajuda famílias de pequenos agricultores a permanecerem na terra.
A bicicleta é o veículo mais eficiente que existe. Não polui, não gasta combustível e você ainda faz um bom exercício. Use a bicicleta para pequenos trajetos e obedeça a sinalização de trânsito.

Apoie as profissões em extinção, como alfaiates, sapateiros e empalhadores. Pense antes de usar e jogar fora. Evite comprar e usar novos produtos. Conserte-se, reforme-os ou tranforme-os.

Fonte: Revista Ecologia no Cotidiano
Reações: 

0 Response to "Como se tornar um ecocidadão: primeiros passos"

Postar um comentário