Começa o 9º Fórum Social Mundial


A partir das 14h de hoje Belém do Pará será tomada pela multidão que veio de todas as partes do mundo para participar da 9ª edição do Fórum Social Mundial (FSM) que se estende até o próximo domingo, dia 1º. Segundo a organização deste mega evento, mais de 100 mil pessoas inscritas e 5.680 organizações participarão do Fórum.

O ponto de partida da Marcha será na praça Pedro Teixeira (Escadinha), ao lado da Estação das Docas. Representando a vinda do FSM da África para a Amazônia, indígenas serão presenteados pelos africanos e afrodescentes que, juntos, compartilharão uma Ceia Sagrada. “A celebração representa as boas-vindas dos Amazônidas aos africanos e a passagem do espírito do último FSM centralizado em Nairobi, no Quênia, para a cidade de Belém, representando toda a Pan-Amazônia”, explica a assessoria de comunicação do Fórum.

Os indígenas darão início à marcha que passará pelas avenidas Presidente Vargas, Nazaré e Almirante Barroso até a Praça do Operário, no bairro de São Brás, onde uma programação cultural será promovida por dezenas de etnias indígenas.

Quem andou hoje pelos campi da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e da Universidade Federal do Pará (UFPA), principais locais onde ocorrerão as incontáveis atividades do Fórum, já pôde sentir o clima descontraído, alegre, diverso e plural que marcará o encontro. São militantes de movimentos sociais, povos tradicionais, ONGs, sindicatos e grupos religiosos de mais de 150 países de todos os continentes.

Destaque para o Acampamento Internacional da Juventude que fica na UFRA.
Na pauta das principais discussões está a crise econômica mundial, as mudanças climáticas e as alternativas aos modelos de desenvolvimento. De acordo com a organização do FSM, serão 2.400 atividades entre plenárias, conferências, palestras, oficinas, eventos esportivos e culturais propostas por organizações de todo mundo para mostrar que “Outro mundo é possível”.

Informações: CNBB
Reações: 

0 Response to "Começa o 9º Fórum Social Mundial"

Postar um comentário