Minas Gerais: o maior desmatador da floresta Atlântica


Uma área equivalente a dois terços da cidade de São Paulo (SP) foi totalmente desmatada no Brasil, entre os anos de 2005 e 2008. Ou seja, 103 mil hectares de vegetação atlântica foram ao chão em Minas Gerais. O estado é campeão de desflorestamento, pressionado pela produção de carvão.

No período de quatro anos, perdeu-se 32,7 mil hectares de vegetação. Além disso, a taxa anual de desmate permanece quase que constante por oito anos. Entre 2000 e 2005 foram ceifados 34,9 mil hectares; e de 2005 a 2008 34,1 mil há.

A destruição só vem comprovar que a Lei da Mata Atlântica, aprovada no ano de 2006, ainda não está colhendo os resultados esperados. De acordo com a lei, “o corte de vegetação primária e secundária só pode ocorrer em casos excepcionais, como para realizar projetos de utilidade pública”.

Fúlvio Costa, com informações do SOS Mata Atlântica
Reações: 

0 Response to "Minas Gerais: o maior desmatador da floresta Atlântica"

Postar um comentário