Empresas de tecnologia são posicionadas em ranking "verde"


O Greenpeace rebaixou a Dell, a HP e a Lenovo em sua medição anual de empresas de tecnologia comprometidas com a preservação ambiental, depois das três fabricantes de computadores voltarem atrás nas suas promessas de eliminar, por fases, as substâncias químicas tóxicas durante a produção de 2009. O chamado "Guia para Eletrônicos Verdes" foi divulgado no dia 2 de abril.

Anteriormente, as companhias se comprometeram eliminar o vinil plástico (PVC) e os retardadores de chama baseados em bromato (BFRs) dos seus produtos até o final de 2008.

Entretanto, segundo o site da revista PC World, as três afirmaram que foi impossível chegar à meta. A Lenovo estendeu seu prazo para 2010, enquanto HP e Dell ainda não o revelaram.

O Greenpeace disse que a Apple foi a única, dentre todas as cinco fabricantes de computadores, que iniciou a redução de substâncias químicas tóxicas. "Se a Apple pôde encontrar uma solução, não há razão para que as outras não possam", afirmou Casey Harell, do Greenpeace, ao site CNet.

No guia, o Greenpeace também revelou que a Philips teve considerável redução no desperdício tecnológico, fazendo com que a companhia ocupasse o 4º lugar das companhias mais compromissadas com o ambiente - sua posição, no ano passado, era 15º.

As "lanterninhas" do ranking são a Nintendo, que, há anos, mantém avaliação próxima do zero - e a Microsoft.

Fúlvio Costa, com informações do Greenpeace Brasil
Reações: 

0 Response to "Empresas de tecnologia são posicionadas em ranking "verde""

Postar um comentário